...

...
Momento de pausa.

Saturday, November 18, 2006

Aprender

Vinte anos passaram desde que dei os primeiros passos. Pequenos, é certo, mas foram os passos mais importantes da minha vida.

A partir daí, comecei a aprender tudo o que me rodeava. A apreciar a vida tal como ela é, pelo menos como é aos olhos de uma criança.

Aprendi a observar em vez de simplesmente olhar… Aprendi a tocar. A sentir desde a mais suave textura, até a áspera terra onde me “banhei” inúmeras vezes em inúmeras brincadeiras.

Aprendi a gostar e a amar as coisas e as pessoas como elas são, coisa que ainda hoje vou aprendendo.

Aprendi a distinguir as pessoas, as várias facetas humanas, os vários sentimentos…

Aprendi a andar de cabeça erguida mesmo errando. Mesmo com cada cabeçada minha, aprendi o que custa a vida.

Aprendi o significado de perdoar e de ser perdoado.

Aprendi a valorizar cada amizade… Como cativar, como falar com as pessoas…

Aprendi a ler nos olhos, de cada um que me rodeia, o que na alma lhes vai.

Aprendi isso tudo e muito mais…

Agora semeio cada coisa que aprendi em escritos. Desde pensamentos a ideias, para num futuro poder mostrar e talvez quem sabe ensinar, tudo isso e muito mais, da forma igual ou melhor ainda como me foi ensinado.

Agradeço a todos os professores e professoras da minha vida, pois sem eles não seria nem metade do humano que hoje sou…

2 comments:

Marta said...

Adorei o que escreveste...comecei uns anos antes de ti, não a escrever mas a aprender com tudo e todos...
Se há coisa que te posso ensinar, é que nunca vamos deixar de aprender.
Cada vez que achares que tens uma certeza, faz um exercício: pensa outra vez! lol
Beijos grandes da mimã!

Sandra said...

Surpreendes-me com a capacidade que tens de me ensinar... e como diz a tua outra irmã "nunca vamos deixar de aprender" - essa é a grande verdade!
Hoje, os teus passos já são maiores, é verdade. Mas deixo aqui o meu mais sincero conselho - procura manter os olhos da criança.
Beijos da outra mimã