...

...
Momento de pausa.

Thursday, August 03, 2006

TRÊS...

Meus olhos nunca me mentiram...
Apenas via as realidades que na minha mente surgiam...
Como me fui enganar assim tanto??? Porque criei esta utopia? talvez porque o coração assim queria e a mente assim desejava... E a faca que no meu peito me crava?
É a frustração por ter feito isto a mim proprio, por me ter enganado mais uma vez...
E com esta lá vão três... Três enganos de seguida...
Mais uma realidade destorcida...
E escrevo... Escrevo para não esquecer as facadas que me fazem doer...
Doer na alma, doer no coração...
Que não me fazem esquecer esta ilusão por mim criada... E com esta la vão três...
Três de uma acentada...

4 comments:

Drico Moraes said...

Lindo...

Drico Moraes - Brazil/São Paulo

Luís Borges said...

Luís DePadua Costa sempre inspirado pelas circunstâncias da vida, e levanta um pouco do veu que cobre a mente deste amigo de primeira qualidade! abraço

Tainá said...

E depois virão mais três...prepare-se!
;o)

Sandra said...

É mesmo assim maninho...Errando é que se aprende!